Adeus, Esmaltes da Kika

Como já deu pra perceber, o blog morreu. Não vou publicar mais nada por aqui, mas o Facebook e o Instagram continuam ativos e sendo atualizados de vez em quando.

A vida da gente muda, os interesses mudam, e eu cansei desse mundinhos de esmaltes. Ainda tenho os meus, ainda compro vidrinhos novos (embora bem menos porque penso bastante antes de comprar qualquer coisa), mas meu foco, meu interesse - e meu dinheiro - estão agora no Cozinha da Kika, meu blog de receitas. Vocês podem acompanhar o Cozinha da Kika também no Instagram e no Facebook.

Esmalte Glass Slipper da Maybelline Colorama

Da série “pequenas besteiras que fazemos em nome da coleção de esmaltes”…

Ai gente, tô tão decepcionada com a Colorama.

Aí que outro dia eu fui encomendar esmaltes pra Loja da Kika (já visitaram? xD) e vi esse esmalte da Colorama gringa, que é uma linha da Maybelline.

Esmalte Glass Slipper da Maybelline Colorama O que eu queria mesmo da Colorama gringa são os flocados (a JenPolishAholic tem várias fotos do Flames of Amber no Flickr dela), mas eles estão esgotados. Acabei me contentando com um azulzinho, o Glass Slipper.

Quando ele chegou, não gostei muito porque é perolado. Um azulzinho lindo, diferente de todos os que eu tenho, com um brilho cintilante lindinho no sol. Mas vocês sabem que eu não curto muito perolado né? Se ele tivesse aquele acabamento com partículas de brilho que os nacionais têm seria simplesmente perfeito.

Precisei de três camadas pra cor ficar legal nas unhas, encheu de bolinhas e a secagem foi meio demorada, mesmo com top coat.

* * *

Tá, mas por que a decepção? Não é o primeiro esmalte meia boca que eu compro, e com certeza não vai ser o último.

Aí que no rótulo não tem data de fabricação, indicação de validade (geralmente os esmaltes importados começam a contar a data de validade depois que você abre o vidrinho) e muito menos composição – o que é um perigo pra quem é alérgica, mas fui na confiança de ser um Colorama, com direito ao mesmo vidrinho que a gente tem aqui e tudo.

Mas sabem o que tem no rótulo?

rótulo do Glass Slipper da Maybelline Colorama

Isso mesmo, Made in Brazil. O esmalte é fabricado aqui e vendido lá nos EUA. E pelo capricho NOT no acabamento do rótulo, acredito que por lá seja uma marquinha lado-B. Ou seja: esmalte nacional ruim com preço de importado. Não tenho outros esmaltes dessa linha pra poder dizer se todos eles são ruins. E esmalte cintilante comigo costuma ser problemático mesmo.

Mas olha só: os flocados da Colorama gringa também eram fabricados aqui! Dá pra ver nessa foto aqui do Sonic Sunset. Existe até top coat de glitter holográfico, o Ice Princess, o esmalte dessa foto.

E esses esmaltes nem são tão velhos. No blog da Alli McBally tem este post de janeiro deste ano mostrando os esmaltes que ela comprou nos EUA. Olha quanto Colorama! Emerald Frost vem nimim!

Enquanto aqui no Brasil as marcas “menores” (que já deixaram de ser lado-B há muito tempo e hoje em dia dão um banho em Colorama, Risqué e Impala) lançam flocados lindíssimos a Colorama fabrica essas coisas maravilhosas por aqui, mas não comercializa.

A nossa Colorama já foi comprada pela Maybelline há alguns anos, razão pela qual os esmaltes deixaram de conter tolueno e formaldeído na composição, pra seguir os padrões americanos e europeus.

Se forem questões legais a respeito da marca, tenho certeza que eles poderiam fazer um esforcinho pra lançar essa linha de top coats por aqui. Porque eu me recuso a acreditar que eles não lancem esses produtos pra gente por pura má vontade.


   

12 comentários para “Esmalte Glass Slipper da Maybelline Colorama”

Michelle Iglesias

Q decepção meeeesmo! Ah vá, ridículo fazer esmaltes diferenciados aqui e exportar, e necas pra nós! Já faz tempo q a consumidora daqui quer novidades, a Colorama tá bobeando feio…

Danielle Sibin

Azul super fofo … vai entender pq eles não vender os esmaltes aqui no Brasil também já que são fabricados aqui neh.

=***

Bruna Andrade

Que coisa, em? Sem comentários!
Beijos!

Luciana Canarin

Ai nem me fala, me dá raivinha viu. Principalmente pela Colorama ter sido comprada e ser uma marca que a gente pode usar sem medo.
Pôxa, traz umas cores legais, uns efeitos! Trazer, no sentido de soltar para nós do terceiro mundo, já que é fabricado por aqui!

Aff!

flávia paulno

mas e isso q eu to falando ha seculos kika … os flocados da colorama existem ha´sculos ( bom tempo muio antes das febres dos holos aki ate )

a colorama fabrica aki e exporta PQ MEU DEUS ???????????

pq essas praga nao vendem pra caaaaaaaaaa ???

ai vc manda msg pra eles … sua sugestao sera avaliada e balbalblabla
ahhhhhhhhhhh vá viu …
um cuuuuuuuuuuul

Aline Mª

Putz sacanagem!!!E a gente aqui sonhando com flocados,holográficos, 3D, afins e naaada!!
Bateu revolta de novo aff.

Kika

Pq quem cuida da comunicação é agência de marketing, serviço terceirizado. Por isso eu nem me dou ao trabalho de reclamar no twitter.

Silvia Lima

Isso é realmente revoltante! Especialmente para nós, alérgicas, porque sofremos com a dificuldade de consoeguir produtos bons com preços acessíveis.
Tomara que você consiga uns vidrinhos pra comercializar na sua lojinha!

Mônica Moraes

Gente, não sabia disso! Que decepção!

Marta Robinson (Beatlemarta)

Ah, mas eu digo o contrário!!! Digo que acho uma vergonha que lancem essa meia dúzia de Coloramas aqui, a um preço EXORBITANTE (cerca de 8 euros cada) e nada dos Coloramas LENDOOSSS que tem no Brasil! Porque não vender tudo?? E ao preço daí?? Mega HUNF viu?

Kika

Daqui a pouco vai acontecer uma greve mundial contra a Colorama hahahaha

Julia

caramba que sacagem! :O


Meus outros blogs

ovelha-negra.org condomínio de blogs da @kikaluthor